O 7º  TABELIONATO DE NOTAS DE MANAUS foi criado pela Lei Complementar Estadual nº 17, de 23 de janeiro de 1997 e provido pelo Concurso Público de Provas e Títulos para Ingresso na Titularidade dos Serviços Notariais e de Registro, realizado pelo Tribunal de Justiça do Amazonas, no ano de 2005.

Em 24 de abril de 2006 iniciou suas atividades com a Tabeliã Juliana de Sá Fioretti, na Avenida André Araújo, 115, Aleixo, onde permaneceu por quase 9 anos. Atualmente está instalado na Av. Carlota Joaquina nº 15, Parque Dez de Novembro.

 

A Tabeliã

Formada em Direito e especialista em Direito Notarial e Registral, advogou na área imobiliária até ser aprovada no concurso público para ingresso na atividade notarial no Estado do Amazonas.

 

CARTÓRIO/NOTÁRIO

Cartório é a designação mais popular para as serventias extrajudiciais que podem ser Tabelionatos de Notas, Tabelionatos de Protesto, Registros Civis de Pessoas Naturais, Registro de Imóveis, Registro de Pessoas Jurídicas e de Títulos e Documentos.

Notário ou Tabelião é a pessoa física dotada de fé pública, responsável pelo Tabelionato de Notas. Cabe a ele a organização dos serviços executados pelos Escreventes e demais prepostos da serventia.

O Poder Judiciário, por meio da Corregedoria Geral de Justiça do Tribunal de Justiça do Amazonas, é o órgão fiscalizador de todos os Cartórios do Estado do Amazonas, cabendo inclusive a competência para a publicação das tabelas com os valores dos emolumentos dos atos realizados pelas serventias extrajudiciais.